Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

Depois de insultar a França, jogador do PSG volta atrás e pede desculpas

Publicado 17 mars 2015 per Andrea Rego  • 755 visualizações
Depois de insultar a , jogador do volta atrás e pede desculpas
4.2 (84.62%) 13 votes

O jogador Ibrahimovic, do Paris Saint-Germain, voltou atrás nas suas declarações de que a “França é um país de merda”, ditas após o jogo de sua equipe com a do Bordeaux, no último domingo à tarde. “Tudo não passou de futebol”, então falemos disso”, declarou. O time da Capital foi derrotado por 2-3, no campo dos “Girondins”.
Num vídeo de 1 minuto e 8 segundos, gravado no estádio do Parc des Princes, nesta segunda-feira, o atacante negou que tenha pretendido ofender o país e se desculpou com as “pessoas que puderam se sentir feridas”, mas não « arredou » no que disse do juiz Lionel Jafreddo. “Em 15 anos eu jamais vi um tal árbitro, neste pais de merda. Este país nao merece o PSG”, esbravejou Ibrahimovic para o terceiro árbitro da partida na entrada dos vestiários.

As desculpas

”Primeiramente, o que eu disse não foi destinado à gente que vive aqui. Eu estava muito irritado neste momento. Portanto, as pessoas que se sentiram feridas, que entenderam mal os meus propósitos, se for o caso, eu quero me desculpar com elas. Eu não tenho nenhum problema com isso (…) Eu creio também que os franceses são suficientemente inteligentes para compreender a situação”, disse ainda.
“Eu respeito as pessoas que me respeitam, eu tive uma bela acolhida quando eu cheguei aqui e eu estou muito feliz (…) Mas eu não me arrependo e ninguém poderá mudar minha opinião. Desde o primeiro momento de minha chegada aqui, eu passei bons momentos, e haverá outros. Portanto, não deturpem os meus propósitos. Se tratava apenas de futebol, então falemos disso. Porque o futebol aqui é o que há de mais importante”, afirmou Ibrahimovic.

As reações

Mesmo proferidas no calor da partida, as declarações do sueco pegaram mal para o Paris Saint-Germain, clube sob os auspícios do Catar, e suas desculpas não convenceram todo mundo. Nesta segunda, no site do jornal L’equipe, centenas de internautas comentaram o episódio, uma parte relevando as declarações de Zlatan Ibrahimovic e outra visivelmente chateada.
O comentarista Pierre Ménes, do Canal +, que ja havia dado espaço para o jogador domingo à noite, se disse satisfeito com as justificativas dele e, irônico, brincou: “A próxima etapa poderá ser bastante sangrenta”.
Os políticos também não hesitaram em comentar o assunto. Depois que o ministro dos esportes Patrick Kanner convidou o sueco a formular duas desculpas, o primeiro ministro Manuel Valls expôs o seu sentimento ao Canal +, se dizendo “chocado” com os modos do atacante do PSG.

Marrento

Zlatan Ibrahimovic, que pode ser suspenso de 3 a 4 partidas se condenado pelo Conselho nacional de ética da Federação francesa de futebol, é conhecido por suas qualidades de atacante, mas também por ser um jogador temperamental, sempre envolvido em confusão dentro dos campos. O problema é que, nesta temporada, o sueco perdeu um pouco de seu brilho e já não se ver nele a mesma garra do ano passado.
Os colegas do PSG e mesmo os adversários, alvos de frequentes desentendimentos com o jogador, esperam que ele recobre a boa forma, mas estão longe de duvidar de seu talento, decisivo em muitas partidas. Se fizer isso, Zlatan Ibrahimovic tem meio caminho para ser perdoado e o « quiproquo » esquecido pelos franceses.

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedinFacebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedin

Artigos relacionados