Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

Projeto obriga imigrante a falar alemao em casa

Publicado 9 décembre 2014 per Andrea Rego  • 631 visualizações
Projeto obriga imigrante a falar alemao em casa
4 (80%) 3 votes

A União Cristã Social (CSU), partido aliado a União Cristã Democrática (CDU), da chanceler Angela , apresentou projeto que obriga os imigrantes que querem se instalar no país a falar alemão não somente em público, como também e sobretudo na esfera privada, compreendendo o seio familiar. A imprensa alemã reagiu rapido e não mediu palavras para qualificar o projeto. “Uma proposiçao vinda diretamente do café do comércio; tanto besta quanto enorme”, destacou o Die Tageszeitung. O jornal Süddeutsche Zeitung, estampou: “Os novos populistas: a língua utilizada como arma”. Já o francês Courrier International tratou o fato como “uma louca proposiçao”. Nesta terça-feira, a CSU modificou a formulação polêmica que conta apresentar em seu congresso no próximo final de semana. No lugar de “obrigar” os imigrantes a falar alemão na casa deles, o partido afirma querer justo “motiva-los”. Mas recuou por livre e espontânea pressão, como se costuma dizer no Brasil. “Percebam, foi mesmo ”, comentou o Tageszeitund (TAZ) de Berlim. “É precisamente o partido regional, originário de um território onde os habitantes falam um dialeto que o resto do pais não pode compreender senão com a ajuda de legenda, que quer ditar qual língua devia ser falada em casa? Isso faz pensar numa mentira de primeiro de abril”, disse o jornal. “Com o projeto que obrigava os imigrantes a se comunicar em alemão não somente em público mas também na vida privada, a CSU atraiu a zombaria de todo o pais e terminou por recuar, Mas a ri amarelo”, destacou o Courrier Internacional. Efetivamente.

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedinFacebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedin

Artigos relacionados