Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

Um gato de 80 milhões de euros

Publicado 10 décembre 2014 per Andrea Rego  • 824 visualizações
Um de 80 milhões de euros
5 (100%) 7 votes

Você já imaginou faturar 80 milhões de euros em dois anos às custas do seu gato? Comece a pensar nisso, mas antes veja se ele tem uma característica, digamos assim, especial. Esse é o caso de um gato britânico, alias uma gata, que atende pelo nome de Tardar Sauce, mais conhecida como “ ”, algo como “gato amuado”.
Depois da publicação, em 2012, de um vídeo e de uma série de fotos que mostraram sua aparência pouco alegre, o animal virou uma star, um même, e a reutilização dos clichés com legendas de circunstâncias, o fizeram rapidamente entrar no panteão das referências mais na “moda” da .

A “careta” insólita se deve ao fato do bichano  ser portador de “ felino” e de uma má formação de seu maxilar, particularidades que não impedem que ele viva normalmente. “99% do tempo, é um gato totalmente normal, que brinca, que caça, que faz tudo o que os outros gatos fazem”, explica sua proprietária. Mas é justamente esse 1% que conta verdadeiramente.

O império do gato amuado

Essa situação rapidamente mudou a vida de Tabatha Bundesen, dona de Tardar. “O que ela realizou em pouco tempo é inimaginável e surpreendente. Eu pude abandonar o meu serviço de garçonete desde os primeiros dias que seguiram a sua aparição nas redes sociais. O telefone simplesmente não parou de tocar”, conta.
Verdadeiro fenômeno, o gato de dois anos e meio foi “convidado” por várias emissoras de televisão, pela redação da Vogue e ainda do festival South by Southwest, nos Estados Unidos. O site oficial do felino propõe uma quantidade impressionante de produtos derivados, da pelúcia ao tee-shirt, passando mesmo pela biografia.
O império do gato que faz “careta” nao para por ai. No final de novembro, o canal de televisão americano Lifetime difundiu um filme de Natal onde Tardar foi a estrela. Claro que o filme “Grumpy Cat’s Worst Christmas Ever” (mais de 4 milhoes de visualizações no You Tube), não marcará a história da emissora, mas vai contribuir à popularidade do felino e para aumentar a fortuna da sortuda proprietaria.

O rei dos

Se o sucesso improvável desse gato portador de nanisme é surpreendente, ele é portanto apenas um dos exemplos da maneira como certas pessoas tiram partido de uma gloria meteórica, conseguida de um jeito frequentemente aleatório nas redes sociais.
Os mêmes da internet constituem um fenômeno dificilmente explicável. Eles nascem na maior parte das vezes das redes sociais ou no seio das comunidades como 9Gag ou Reddit. Um vídeo ou, mais frequentemente uma foto, postada enseja às vezes uma série de reações que vão ultrapassar o aspecto viral.
Quanto mais o cliché é visto e compartilhado, mais o fenômeno tem chance de perdurar. Por vezes, como para “Grumpy Cat », ele beneficia de um empurrão de uma comunidade que se formar em torno dele. No facebook, a página do gato conta com mais de sete milhões de fãs.

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedinFacebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedin

Artigos relacionados