Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

Polônia oficializa nova religião; fiéis veneram macarrão e cerveja

Publicado 17 avril 2015 per Andrea Rego  • 2 030 visualizações
oficializa nova ; fiéis veneram macarrão e
4.77 (95.38%) 13 votes

Polonia-oficializa-nova-religiao-fieis-veneram-macarrao-e-cervejaUma nova religião, oficializada na Polônia, está conquistado cada vez mais adeptos na Europa. Eles não veneram divindades e professam uma fé  inspirada nos piratas. O culto teria resistido secretamente durante séculos. Seus objetos de adoração: macarrão e cerveja.
Depois de um longo combate, o “” foi finalmente reconhecido como uma religião na Polônia,  país europeu com o maior número de católicos (cerca de 92 por cento da população). Os “pastafaristas” se diferenciam por usar um escorredor de macarrão sobre a cabeça.

Culto em segredo

Com gritos de “viva a pasta”, os fiéis comemoraram a decisão do Tribunal de Varsóvia  e saíram em procissão pelas ruas da cidade. No andor, o “monstro do espaguete voador” foi carregado por centenas de pessoas. Os pastafaristas também organizaram um dia de agradecimento pelo sucesso da petição.
Os adoradores do macarrão apostam na internet para conquistar mais adeptos. A diferença é que eles não se levam a sério. Segundo o site consagrado ao pastafarismo (em inglês), o culto teria existido em segredo durante séculos, antes de ser revelado em 2005.
O site precisa igualmente as crenças e práticas religiosas dos fiéis: “nós adoramos cerveja”, “nós não nos levamos a sério”. A profissão de fé remontaria aos piratas – considerados como os pastafarianos originais, sorte de profetas – tidos como criminosos.

Provocação

A decisão de reconhecer o pastafarismo não agradou a igreja católica polonesa, que considera o movimento uma provocação. Segundo o jornal inglês The Independent, o culto é frequentemente percebido como uma paródia ao cristianismo. Com efeito, todo bom pastafariano termina sua oração pela palavra “l’amem”, em referência ao macarrão instantâneo japonês ou ao cristão “amém”.
Segundo um estudo do Instituto de estatísticas da Igreja católica, realizado em 2014, nos últimos dez anos a comunidade católica na Polônia perdeu cerca de dois milhões de fiéis, informou o cotidiano Gazeta Wyborcza.

Escorredor de macarrão

Lukas Novy, 29 anos, obteve o direito de posar com um escorredor de macarrão sobre a cabeça na sua foto da carteira de motorista. Sua religião o obriga, afirmou ele. O jovem vive em Brno, na República Tcheca, um país que reconhece a igualidade religiosa. As autoridades decidiram que a recusa iria de encontro às leis do país sobre a questão.
Com o mesmo argumento, as demandas se multiplicam, com sucesso, em vários países. As igrejas pastafaristas proliferam pela Europa e ja contam com milhares de adeptos. Na verdade, eles buscam fustigar as guerras religiosas, se orientando cada vez mais por um sentimento de laicidade republicana.

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedinFacebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedin

Artigos relacionados